Por que se cobrem as imagens na Semana Santa?

Ao entrarmos nos templos católicos nesses dias que antecedem a Páscoa nos deparamos com todas as imagens dos santos e de Nossa Senhora cobertas, ou seja, tudo o que faz referência à Igreja celeste permanece oculto aos nossos olhos. Mas, qual o significado de cobrir as imagens?


Ao cobrir as imagens, a Igreja nos convida a centralizar nossos sentidos para o essencial da nossa fé: o mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. Toda a nossa atenção deve estar dirigida a esse mistério.

Esse gesto nos ajuda a viver o sentido de sobriedade, de recolhimento, evitando devoções que não estejam diretamente ligadas ao Mistério da Redenção: Cristo morto e ressuscitado. Liturgicamente, o véu sobre as imagens também nos ajuda a preparar-nos para celebrar a Páscoa com todo o seu esplendor. Nesse mesmo sentido, a própria Vigília Pascal começa com quase tudo apagado, para que possamos ir descobrindo a Luz de Cristo Ressuscitado que culminará com todas as luzes acesas no momento de cantar o Glória, que marca o ápice desse esplendor na noite de Páscoa.

Por: Padre Eguione Nogueira, cmf

About Author

Padre Eguione Nogueira

Missionário claretiano, nasceu em Ceres-GO aos 15 de fevereiro de 1987. Ingressou no Seminário Menor da Congregação dos Missionários Claretianos em Pouso Alegre-MG no ano 2002, cursando o Ensino Médio. Entre os anos 2005 e 2007 cursou Filosofia nas Faculdades Claretianas de Batatais-SP. Fez o noviciado na cidade de Cochabamba-Bolívia, onde emitiu os Primeiros Votos Religiosos no ano 2009. Entre os anos 2009 e 2013 cursou Teologia no Studium Theologicum de Curitiba-PR, sendo que em 2011 fez uma experiência apostólica em Moçambique. Foi ordenado presbítero no ano 2014 e destinado a trabalhar na cidade de Contagem-MG como vigário paroquial e auxiliar de formação. Entre 2015 e 2017, estudou Teologia Pastoral na cidade de Madri. Atualmente é Pároco na Paróquia Imaculado Coração de Maria em Curitiba/PR, e professor no Studium Theologicum.