Cursos de Extensão em Música Litúrgica

Para você que deseja conhecer mais sobre a música Litúrgica, a Paróquia, em parceria com o Studium Theologicum, está oferecendo Cursos de Extensão em Música Litúrgica.

Estão disponíveis 4 módulos, são eles:

-Panorâmica Histórica, Estética e Desafios Atuais – as aulas deste módulo serão nas quartas-feiras, a partir das 19h30.
-Percepção Musical I – as aulas deste módulo serão nas quintas-feiras, a partir das 19h30.
-Técnica Vocal com Prática de Repertório Litúrgico – as aulas deste módulo serão nas segundas-feiras, a partir das 19h.
-Elementos Básicos da Regência Aplicados à Liturgia – as aulas deste módulo serão nas sextas-feiras, a partir das 19h30.

Sendo assim, você poderá escolher participar de mais de um módulo. Os valores dos módulos estão na imagem, e as inscrições devem ser feitas na Secretaria do Studium Theologicum – Avenida Pres. Getúlio Vargas, 1193 – Rebouças.

A ficha de inscrição deve ser acessada pelo link https://claretiano.edu.br/curitiba/noticias/145465/cursos-de-extensao-em-musica-liturgica e levada preenchida para efetuar a inscrição, ou baixada aqui, no nosso site:

ficha de inscrição para curso de extensão em música litúrgica – pcormaria

 

Todos os cursos têm duração de 4 meses.

O início das aulas será no dia 13 de agosto às 19h30.

RESENHA DOS CURSOS:

Cursos de Extensão em Música Litúrgica

A liturgia constitui parte fundamental da vivência das comunidade cristãs desde os tempos bíblicos até hoje, seja ela implícita ou explicita. Para a Igreja Católica Apostólica Romana, a música é considerada um elemento de grande importância dentro da prática litúrgica. Por esse motivo, o Claretiano – Studium Teologicum abre inscrições para os Cursos de Extensão em Música Litúrgica que acontecerão no segundo semestre de 2018:

Música Litúrgica: panorâmica histórica, estética e desafios atuais

O processo de recepção do Concílio Vaticano II, que ainda está em andamento, tem gerado uma série de incompreensões e desencontros entre grupos tradicionalistas e vanguardistas, por um lado em um esforço de preservação, e por outro de desenvolvimento, da essência da prática litúrgica. Esta realidade, também presente no Brasil, revela a necessidade de agentes pastorais com posicionamentos críticos frente a esses fenômenos, procurando um entendimento integral da problemática e capacitados para propor ações concretas que permitam o enriquecimento do processo. O objetivo do curso é aprofundar nos elementos basilares da prática litúrgica católica romana que levem à compreensão integral do rito e da música na sua dupla identidade: artística e funcional; promovendo a criticidade e o envolvimento dos agentes litúrgicos a respeito do processo de amadurecimento na aplicação do Concilio Vaticano II nessa área.

Técnica Vocal com Prática de Repertório Litúrgico

Em agrupações maiores ou menores, a voz humana e diversos instrumentos musicais encontram seu espaço nas celebrações litúrgicas. Entendendo a voz cantada como instrumento, fazê-la soar com qualidade, técnica e interpretação, se faz necessário; a partir do conhecimento ampliado da importância dos seus recursos naturais possíveis. Isso é viabilizado na prática dos pilares da técnica vocal: relaxamento vinculado à laringe, respiração intercostal-diafragmática, ressonância e repertório direcionado (conteúdo litúrgico). O objetivo do curso é capacitar cantores e músicos litúrgicos para exercer eficientemente o papel do canto nas práticas litúrgicas das suas comunidades.

Elementos básicos da regência aplicados à liturgia

Para conseguir uma unidade musical (rítmica, tímbrica, interpretativa, etc.) entre cantores e instrumentistas, a figura do regente se faz necessária. Esse regente além dos conhecimentos técnicos do fazer musical, precisa também conhecer a estrutura e mistagogia de cada rito. O objetivo do curso é capacitar cantores e músicos litúrgicos para exercer eficientemente o papel do regente dentro das práticas litúrgicas das suas comunidades.

Percepção musical I

Tanto os materiais atuais produzidos pela CNBB como também todo o repertório da tradição, estão disponíveis na notação musical que conhecemos como partitura. A leitura musical se revela assim necessária para conseguir extrair desses materiais a diversidade e versatilidade que o mesmo rito pede. A ferramenta que os sacerdotes, cantores e instrumentistas precisam desenvolver para uma proximidade autêntica com a notação musical é a percepção musical. O objetivo do curso é desenvolver nos participantes as capacidades mínimas necessárias para a compreensão e execução de uma partitura assim como o desenvolvimento de uma audição acurada para a altura e a duração dos sons.

Sobre o autor

Paróquia Imaculado Coração de Maria

[email protected] Avenida Getúlio Vargas, 1193 - Rebouças - Curitiba/PR (41) 3224.9574 - Secretaria Paroquial

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.